Para 37% dos consumidores, nível de interesse em comprar imóveis se mantém, mesmo após a pandemia